19/04/2018

Encontro Vocacional com Seminaristas

O Vicariato de Canoas juntamente com os seminaristas e as equipes vocacionais convidam as comunidades para o Encontro Vocacional com seminaristas,  que acontecerá na Sede do Vicariato de Canoas (Paróquia São Luís Gonzaga), no dia 24 de abril (terça-feira), às 18h30.
O encontro iniciará as 18h30 com a Celebração Eucarística, presidida pelo padre Fernando Pietranera, referencial da Animação Missionária do Vicariato, e logo após o encontro com as equipes vocacionais, padres e seminaristas de origem do Vicariato.

Informações: 51 3476.6192 - Vicariato de Canoas

ENCONTRO VOCACIONAL 
Local: Sede do Vicariato (Rua Côn. José Leão Hartmann, 82. Centro, Canoas)
Data: 24/ Abril (Terça-Feira)
Horário: 18h30.

Encontros Tio do CLJ

A Escola 2018 do movimento do CLJ (Curso de Liderança Juvenil) do Vicariato de Canoas convida a todos os tios e tias paroquiais para um encontro de confraternização e formação que acontecerá no dia 29 de abril (domingo), às 15h na Paróquia São Cristóvão em Canoas.

O que levar? Lanche partilhado.
Maiores informações entrar em contato com o CLJ3 de sua comunidade.
Evento no Facebook: Clique Aqui!

ENCONTRO DE TIOS CLJ
Local: Paróquia São Cristóvão (Rua Tupi, 228. Igara, Canoas)
Data: 29/ Abril (Domingo)
Horário: 15h

Pastoral Carcerária

"Lembram-se dos presos como se vocês estivessem na prisão com eles. Lembrem-se dos que são torturados, pois vocês também têm um corpo" (Hebreus 13,3)

Atendendo à Palavra de Deus que nos motiva e impulsiona, a Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Porto Alegre quer convidar todos os cristãos, nossos paroquianos e paroquianas, a juntos darmos as mãos e nos unirmos como promotores da vida, principalmente junto àqueles que estão mais à margem da nossa sociedade.
A violência cresce em ritmo desenfreado, os meios de comunicação a cada instante noticiam mais e mais barbaridades. Uma onda de temos e raiva tem assolado os corações. Mas há ESPERANÇA, mesmo em meio à noite mais tenebrosa. Há esperança para aqueles que acreditam em Cristo.
E por isso, diante dessa realidade, queremos ser promotores de paz, promotores de uma justiça que restaura e é misericordiosa. E nesse sentido convidamos cada cristão a fazer uma doação de produto de higiene pessoal para as penitenciárias de nossa Arquidiocese.
Pepel higiênico, sabonete, creme dental, desodorante, absorvente... Itens básicos para qualquer pessoas e que hoje nossos irmãos encarcerados mais necessitam. Doe em sua paróquia. Deixe com o seu pároco. E vamos juntos fazer o Evangelho acontecer em nossa sociedade.
Com Jesus nos disse: "Estive preso e vieste me visitar" Mt 25,36.

As doações podem ser entregues na secretaria do Vicariato de Canoas.

Vicariato realizará formação para Ministros da Eucaristia

A Comissão dos Ministros Extraordinários da Sagrada Eucaristia convidam para a formação de novos Ministros, que acontecerá de maio a novembro na sede do Vicariato de Canoas (Paróquia São Luís Gonzaga), no terceiro sábado de cada mês, das 8h30 às 11h30.
O primeiro encontro acontecerá no dia 19 de maio, às 8h30. Interessados entrar em contato com o seu pároco ou o coordenador dos ministros paroquial.
Fichas disponíveis na Secretaria do Vicariato.

Ministério do Acolitado

No dia 29 de março de 2018, na Celebração Eucarística do Lava-pés, da Paróquia São Paulo Apóstolo em Canoas, o Sr. Carlos Ronei Duarte dos Santos recebeu o Ministério do Acolitado, pelas mãos de Dom Adilson Busin. 
No dia 11 de março de 2018, na Celebração Eucarística da Paróquia Nossa Senhora da Conceição em Canoas, o Sr. Oli Daniel da Rosa recebeu  o Ministério do Acolitado, pelas mãos de Dom Aparecido Donizeti.

Sr. Oli Daniel - Par. Nsª Conceição/ Canoas
Sr. Carlos Ronei - Par. São Paulo Apóstolo/ Canoas








O que é o Ministério do Acolitado?
ministério dado pela Igreja aos seminaristas ou leigos para auxiliarem o sacerdote e o diácono no altar e na distribuição do Pão. Uma vez tornado acólito, ele passa a ser ministro de eucaristia extraordinário de modo mais permanente na diocese. Este é um dos dois ministérios dados ao seminarista normalmente durante o término de seus estudos em preparação para as ordenações diaconal e presbiteral. 
Comumente se chama acólitos aos ministros de altar que ajudam o padre, mesmo que estes não tenham nenhuma caminhada de seminário, nem seja ministro de eucaristia, mas que ajuda nos ritos da missa, seja na procissão, naveta, turíbulo, condução de velas, tochas, missal, etc.

Vicariato realiza formação da Palavra

A Comissão Bíblico Catequético do Vicariato de Canoas, realizou na manhã do dia 24 de março (sábado), o primeiro encontro da 1ª e 2ª etapa de formação para o Ministério da Palavra, na sede do Vicariato de Canoas (Paróquia São Luís Gonzaga).
O encontro que reuniu cerca de oitenta pessoas tem como base da formação mostrar as maravilhas que Deus realiza através de sua Palavra.
Os encontros realizam-se no quarto sábado de cada mês, das 8h30 às 11h30, na sede do Vicariato de Canoas. Interessados procurar o seu pároco ou a Secretaria do Vicariato.

Retiro dos Diáconos Permanentes/ 2018

Diácono Flávio Antônio - Coordenador dos Diáconos do Vicariato

No dia 24 de março de 2018 realizou-se no Sitio da Cruz, em Nova Santa Rita, o retiro dos Diáconos Permanentes do Vicariato de Canoas. O encontro contou com a presença de 13 diáconos (com suas esposas), 03 pré-diáconos e do Coordenadore Arquidiocesano dos Diáconos, diácono Prieto com sua esposa.Foi um momento muito propício, começou com a Celebração Eucarística, depois passamos para a sala de reflexão com o Pe Darley, na qual foi debatido o Tema proposto “Espiritualidade na Vida Diaconal”, partilhando as dificuldades, os anseios e as alegrias de cada diácono, na vida paroquial e familiar. Na parte da tarde foi partilhado sobre cada diaconia, como estão os trabalhos e a reativação da diaconia da área de Canoas. Foi repassado o calendário dos diáconos e a alteração da data da reunião, passando agora para o primiero sábado, às 8h30, na sede do Vicariato de Canoas.

Demais fotos: Facebook Vicariato

PÁSCOA...

Cláudio Reolon - Paróquia São Paulo Apóstolo

Celebração da morte e ressurreição de “Jesus Cristo nosso Libertador” o cordeiro que derramou o seu sangue por amor a todos nós, nos trazendo a “boa-nova”, esperança de uma vida melhor, uma vida liberta da escravidão do pecado. Que neste Tempo Pascal possamos entrar pela fé na liberdade que há na sua morte e ressurreição, pois Deus amou o mundo tanto, que nos deu o seu único filho, “Jesus Cristo”.
“Amor igual nunca existirá” A Páscoa é a celebração da salvação!

CADA COMUNIDADE UMA NOVA VOCAÇÃO


A Ação Evangelizadora cada comunidade uma nova vocação é uma inspiração de Deus. Ela abrange 51 Dioceses da Igreja Católica, milhares de comunidades para rezar pelas vocações e partilhar pelas redes sociais testemunhos de quem vive com alegria a sua vocação.

1. O Evangelho oferece a solução: “Pedi ao Senhor da messe que envie operários para a sua messe” (Mt 9,38). Assim como Igreja unida iremos pedir ao Senhor da Messe uma nova vocação para cada comunidade. Propomos que em todos os encontros, reuniões de pastorais, movimentos, grupos de reflexão e em todas as celebrações comecem ou terminem com uma dezena do rosário.

2. Comunicar o bem: Propomos usar todos os meios de comunicação à nossa disposição, em especial as redes sociais, para divulgar vídeos que mostram a beleza do chamado de Deus, testemunhos de quem vive sua vocação com alegria. O bem quando é comunicado gera vida e alegria em outras pessoas e lugares. Como poderia um jovem querer tornar-se sacerdote se, repetidas vezes, escuta as pessoas falarem mal dos padres? Na Ação Evangelizadora cada comunidade uma nova vocação nós divulgaremos aquilo que é positivo, os fatos bonitos, que são tantos! Queremos que a alegria do Evangelho contagie muitos corações.

3. Motivação e Justificativa: A Ação Evangelizadora está alinhada com o Sínodo que acontecerá em outubro de 2018 com o seguinte tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. Está em sintonia também com a Jornada Mundial da Juventude, que se realizará em janeiro de 2019 no Panamá e tem como tema “Maria e a vocação”. E por fim, a Ação Evangelizadora terá um tempo forte durante o Ano Nacional Vocacional em 2019, culminando com o Congresso Nacional Vocacional. A Ação Evangelizadora não tem uma data de encerramento, pois os bispos quiseram que não fosse estabelecida uma data de fechamento.

4. Objetivos: Suscitar uma cultura vocacional em toda a Igreja para despertar as mais variadas vocações: esse é o objetivo geral da Ação Evangelizadora cada comunidade uma nova vocação. Os objetivos específicos são: rezar pelas vocações em todos os espaços e momentos da vida eclesial; desafiar as comunidades a despertar um de seus membros para uma vocação de consagração; dar sustentação espiritual aos que responderam ao chamado de Deus; publicar nos meios de comunicação testemunhos, músicas, filmes vocacionais; viver a experiência da unidade eclesial na promoção vocacional.

5. Protagonistas: Estão à frente desta Ação Evangelizadora, de modo especial, três grupos de leigos estão sendo chamados a estar na linha de frente desta Ação Evangelizadora: 
a) Ministros Extraordinários da Eucaristia como “guardiões”: os ministros tem a missão de zelar para que o povo reze pelas vocações, lembrando sempre a intenção da oração: por todas as vocações.
b) Catequistas e catequizandos como “protagonistas”:  na medida do possível no início de cada encontro de catequese reze-se, de forma bem dinâmica, a dezena do Rosário com os catequizandos, pelas vocações.
c) Adolescentes e Jovens como “divulgadores”: os adolescentes e jovens estão sendo encarregados de serem os divulgadores dos vídeos-testemunhos nas redes sociais.

Fonte: vocacoes.org

18/04/2018

Cúria Legião de Maria

A Coordenação da Legião de Maria do Vicariato de Canoas convida a todas as lideranças paroquiais para o Encontro Mensal da Legião de Maria, que acontecerá no dia 19 de abril (terceira quinta-feira), na Sede do Vicariato de Canoas, das 14h às 16h.

CÚRIA LEGIÃO DE MARIA
Local: Sede Vicariato de Canoas (Rua Côn. José Leão Hartmann, 82. Centro, Canoas)
Data: 19/ Abril (Quinta-Feira)
Horário: 14h

09/04/2018

Assembleia de Pastoral - Abril/ 2018

A coordenação de pastoral convida para a Assembleia de Pastoral do Vicariato de Canoas que será realizado no dia 14 de abril (sábado), das 8h30 às 11h30, na sede do Vicariato de Canoas, em Canoas.
O Vicariato convida à todas as lideranças de movimentos, pastorais e serviços para juntos vivermos a unidade de Cristo.

Evento Facebook: Clique Aqui!

ASSEMBLEIA DO VICARIATO
Local: Sede do Vicariato (Rua Cônego José Leão Hartmann, 82. Centro, Canoas)
Data: 14/ Abril (Sábado)
Horário: 8h30 às 11h30

Assembleia Pastoral da Criança/ 2018

A coordenação da Pastoral da Criança, juntamente com o Vicariato de Canoas, convidam a todas os voluntários para a Assembleia da Pastoral da Criança, do setor 305 - Vicariato de Canoas, que acontecerá na Sede do Vicariato de Canoas, em Canoas, nos dias 12 e 13 de abril (quinta e sexta), das 8h30 às 17h.

"Construindo uma equipe de trabalho, pensando que tudo o que fazemos é em prol de nossas crianças, ajudando a buscar, dignidade e qualidade de vida, queremos o bem-estar de nossas crianças e o respeito aos seus direitos. Jesus nos apresenta a missão quando nos diz: 'eu vim para que todos tenham vida e atenham em abundancia!' (Jo 10,10)"
Ilza Raitz - Coordenadora do Setor 305

ASSEMBLEIA PASTORAL DA CRIANÇA
Local: Sede Vicariato de Canoas (Rua Cônego José Leão Hartmann, 82. Centro, Canoas)
Data: 12 e 13/ Abril (Quinta e Sexta)
Horário: 8h30 às 17h.

05/04/2018

2º Baile de Máscaras - Par. Stª Luzia/ Canoas

O movimento do ONDA (Objetivo Novo De Apostolado) da comunidade Santa Rita de Cássia, da Paróquia Santa Luzia, convida para o 2º Baile de Máscaras, que acontecerá no dia 7 de abril (sábado), às 20h30 no Salão da Paróquia Santa Luzia.
O evento iniciará com com uma janta e logo após o baile para a juventude e a família, no valor de R$22,00 o ingresso.
Cardápio: massa com molho branco, massa com carne moída, arroz branco, galeto assado e saladas diversas.
Para o baile teremos DJ, iluminação, pista de dança e estrutura. Traga a sua máscara e venha se divertir.

Evento no Facebook: Clique Aqui!

2º BAILE DE MÁSCARAS
Local: Paróquia Santa Luzia (Av. Santos Ferreira, 3850. Estância Velha, Canoas)
Data: 07/ Abril (Sábado)
Horário: 20h30

Retiro das Equipes Vocacionais Paroquiais/ Gravataí


Nos dias 7 e 8 de abril no Seminário Menor São José em Gravataí, será realizado o retiro das equipes vocacionais. Com início às 8h30, em ambos os dias, a formação será coordenada pelo padre Mario Spaki, criador do projeto "Em cada comunidade uma nova vocação". O sábado contemplará os vicariatos de Guaíba e Porto Alegre, e o domingo, os vicariatos de Gravataí e Canoas. O almoço será oferecido pelo seminário e a contribuição é espontânea para custear os gastos com o evento.

Inscrições devem ser realizadas pelo link: Clique Aqui!

Programação:
Sábado (07/ Abril):
8h30: Acolhida e Credenciamento
9h30: Celebração Eucarística - Dom Jaime Spengler (Arcebispo Metropolitano de Porto Alegre) - e momento de deserto
11h30: Almoço
13h: Retorno
14h: Formação: "Em cada comunidade uma nova vocação" - Pe. Mario Spaki
15h: Cafézinho
15h30: Retorno e Animação
16h: Encerramento e Oração


Domingo (08/ Abril):
8h30: Acolhida e Credenciamento
9h30: Oração das Laudes
10h: Formação: "Em cada comunidade uma nova vocação" - Pe. Mario Spaki
11h: Cafezinho
11h20: Retorno
12h30: Almoço
14h: Retorno e Animação
14h10: Palavra Inicial e Deserto Dirigido
15h: Cafezinho
15h20: Retorno
16h: Celebração Eucarística

Ensaio de Cantos


A Arquidiocese de Porto Alegre convida para o Ensaio de Cantos, que acontecerá no dia 7 de abril (sábado), no Centro de Pastoral, das 8h30 às
Com a intenção de promover as músicas das celebrações de nossas comunidades, o ensaio de cantos terá como tema as Partes Fixas da Liturgia.

Maiores Informações: (51) 3395.3648 - Vicariato de Porto Alegre

ENSAIO DE CANTOS
Local: Centro de Pastoral (Praça Monsenhor Emílio Lottermann, 96. Floresta, Porto Alegre)
Data: 07/ Abril (Sábado)
Horário: 8h30

VII Festa da Divina Misericórdia/ POA


A Arquidiocese de Porto Alegre convida para a VII Festa da Divina Misericórdia que acontecerá no dia 8 de abril, na cidade de Porto Alegre.

"Desejo que durante estes noves dias tu conduzas as almas à fonte da Minha Misericórdia, a fim de que recebam força e alívio e todas as graças de que necessitam nas dificuldades da vida, especialmente na hora da morte. em cada dia conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas e as mergulharás no oceano da Minha Misericórdia. Eu conduzirei todas essas almas à casa de Meu Pai. Realizarás esta tarefa nesta vida e na futura. Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da Minha Misericórdia. Cada dia pedirás a Meu Pai, pela Minha amarga Paixão, graças para essas almas".
(Palavras de Jesus à Santa Faustina)

Seguindo o pedido do próprio Jesus Misericordioso, está acontecendo uma novena em preparação a festa de 30 de março à 7 de abril, na Capela Nosso Senhor dos Passos (Santa Casa de Misericórdia).
No domingo, dia 8 de abril, a festa inicia no Catedral Metropolitana de Porto Alegre e após seguirá em procissão até a Santa Casa de Misericórdia. Segue a programação:

14h: Acolhida e Terço da Misericórdia - Catedral Metropolitana Mãe de Deus
15h: Celebração Eucarística - Catedral Metropolitana Mãe de Deus
16h: Procissão - Saída da Praça da Matriz
17h: Bênção dos Objetos Devocionais e Bênção Final - Santa Casa de Misericórdia

Transmissão pela Rádio Aliança FM 106,3
Traga quadros e objetos da Divina Misericórdia
* Haverá espaço para confissões na Catedral

Informações: (51) 3213.7111

VII FESTA DA MISERICÓRDIA
Catedral Mãe de Deus: Rua Duque de Caxias, 1047. Centro Histórico, Porto Alegre
Capela Nosso Senhor dos Passos: Rua Annes Dias, 285. Centro Histórico, Porto Alegre
Data: 08/ Abril (Domingo)

26/03/2018

Semana Santa - La Salle Canoas

A Comunidade La Salle convida seus colaboradores, alunos e todas as comunidades, do Vicariato de Canoas, para estarem em oração no Campus da Universidade na Semana Santa. Confira abaixo a programação:

27/03 (18h): Oração da Via Sacra - Túnel Verde
28/03 (18h): Celebração da Palavra (Encenação do Lava Pés) - Capela São José
31/03 (18h): Missa Sábado de Aleluia - Capela São José

* As celebrações estarão a cargo dos postulantes da Escola La Salle Niterói.

"Para muitos a Páscoa é tempo de trocar ovos de chocolate e aproveitar o feriado. Mas a origem da data nos leva a uma reflexão muito mais profunda. A Páscoa Cristã é uma das festividades mais importantes para o cristianismo, pois celebramos a ressurreição de Jesus Cristo, o filho de Deus." - Universidade LaSalle Canoas

LA SALLE CANOAS:
Local: Av. Victor Barreto, 2288
Telefone: (51) 3476.8500

Como viver a Semana Santa?

Dom Paulo M. Peixoto
Arcebispo de Uberada (MG)

Iniciamos, no Domingo de Ramos, mais uma Semana Santa com a entrada triunfal de Jesus na cidade de Jerusalém. Aí começa uma nova fase na história do povo de Israel, quando todos se voltam para a cena da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo.
A Semana Santa deve ser um tempo de recolhimento, interiorização e abertura do coração e da mente para o Deus da vida. Significa fazer uma parada para reflexão e reconstrução da espiritualidade, essencial para o equilíbrio emocional e a segurança no caminho natural da história de vida com mais objetividade e firmeza.
As dificuldades encontradas não são fracasso nem caminho sem saída; elas nos levam a firmar a esperança na luta por uma vida sem obstáculos intransponíveis. Foi o que aconteceu com Cristo, no trajeto da Paixão, culminando com Sua morte na cruz. Em todo o caminho, Ele passou por diversos atos de humilhação.
A estrada da cruz foi uma perfeita revelação da identidade de Jesus. Ele teve de enfrentar os atos de infidelidade e rebeldia do povo que estava sendo infiel ao projeto de Deus, inclusive sendo crucificado entre malfeitores. Jesus partilha da mesma sorte e dos mesmos sofrimentos dos assassinos e ladrões se sua época.
Na Semana Santa, devemos associar ao sofrimento de Cristo o mesmo que acontece com tantas famílias e pessoas violentadas em nosso tempo. Podemos dizer da violência armada, dos trágicos acidentes de trânsito, das doenças que causam morte, do surto da dengue, dos vícios que ceifam muita gente etc.
Jesus foi açoitado, esbofeteado, teve a barba arrancada, foi insultado e cuspido. O detalhe principal é que nenhum sofrimento O fez desistir de Sua missão nem ter atitude de vingança. Ele deixou claro que o perdão é mais forte que a vingança.
Devemos aprender com Ele e olhar a vida de forma positiva, sabendo que seu destino é projetado para a eternidade em Deus.

15/03/2018

4ª Assembleia de Liturgia

A Comissão Arquidiocesana de Liturgia realizará a 4ª Assembleia de Liturgia, no dia 17 de março (sábado), no Centro de Pastoral em Porto Alegre, das 8h30 às 11h30.
O evento que terá como tema: Os Ministérios Leigos na Celebração Litúrgica, reunirá os coordenadores de paroquiais de Liturgia e todos  as lideranças de pastorais e movimentos.

4ª ASSEMBLEIA DE LITURGIA
Local: Centro de Pastoral (Praça Monsenhor Emílio Lottermann, 96. Floresta, Porto Alegre)
Data: 17/ Março (Sábado)
Horário: 8h30 às 11h30

13/03/2018

Formação Ministros da Palavra/ 2018

A Comissão da Animação Bíblico-Catequético convida a todas as comunidades para a Formação dos Ministros da Palavra, que inciará no dia 24 de março, da Sede do Vicariato de Canoas, das 8h30 às 11h30.

1ª Etapa:
Os encontros da Primeira Etapa da Formação (imagem ao lado), seguem o cronograma do conhecimento da Palavra de Deus, indo dede as primeiras noções da Leitura Orante, Antigo Testamento e o Novo Testamento.
Quem? Agentes de pastorais e movimentos, candidatos aos Ministério da Palavra, Animadores de comunidades, Catequistas, Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão e todas as pessoas interessadas em ampliar seus conhecimentos bíblicos.

2ª Etapa:
Os encontros da Segunda Etapa da Formação, seguem um aprofundamento da Palavra de Deus.
Quem? Todos aqueles que já realizaram a Primeira Etapa.

Para ambas etapas deve ser preenchida a Ficha de Inscrição, na secretaria de sua Paróquia, com a assinatura do Pároco e entregues à secretaria do Vicariato de Canoas.
Trazer a Bíblia, em todos os encontros!

Evento no Facebook: Clique Aqui!

FORMAÇÃO MINISTROS DA PALAVRA:
Local: Sede Vicariato de Canoas (Rua Côn. José Leão Hartmann, 82. Centro - Canoas)

Cúria Legião de Maria

A Coordenação da Legião de Maria do Vicariato de Canoas convida a todas as lideranças paroquiais para o Encontro Mensal da Legião de Maria, que acontecerá no dia 15 de março (terceira quinta-feira), na Sede do Vicariato de Canoas, das 14h às 16h.

CÚRIA LEGIÃO DE MARIA
Local: Sede Vicariato de Canoas (Rua Côn. José Leão Hartmann, 82. Centro, Canoas)
Data: 15/ Março (Quinta-Feira)
Horário: 14h

"Vós sois todos Irmãos!" (Mt 23,8)

Pe. Darley José Kummer
Vigário Episcopal

Jesus, Filho Unigênito do Pai, vem ao encontro do ser humanos para ser realmente pessoa humana e para mostrar que o caminho para Deus está na humanidade. Jesus se encarna e traz consigo o projeto de mudança para o ser humano, baseado no amor, na compaixão, na misericórdia e que irradia a PAZ. A pratica de Jesus revela o humano possível e nos deixa os rastros a serem seguidos. Aquele que se compromete e pratica o Evangelho participar da filiação divina, pois Jesus e o Pai são um.
A Campanha da Fraternidade deste ano acende em nós esta chama para que possamos iluminar nossas relações e superar as dificuldades através de uma vivência que passe pelo filtro de espiritualidade e que nos traga a consciência de que em Cristo somos todos irmãos (ãs).

Os objetivos permanentes da Campanha da Fraternidade são: 
- despertar o espírito comunitário e cristão no Povo de Deus, comprometendo, em particular, os Cristãos na busca do bem comum;
- educar para a vida em fraternidade, a partir da justiça e do amor, exigência central do Evangelho;
- renovar a consciência da responsabilidade de todos pela ação da Igreja na evangelização, na promoção humana em vista de uma sociedade justa e solidária (todos devem sustentar a ação evangelizadora da Igreja).

De Volta...

Pe. Francisco Grasselli, CSJ
Coordenador de Pastoral Vicariato

De Deus e de sua Igreja não se tira férias porque a vida está sempre presente em nossas comunidades. Isso inclui os atípicos janeiro e fevereiro, que o diga sobretudo quem celebrou a festa de Nossa Senhora dos Navegantes, os santos desses meses e todos nós, que iniciamos o Tempo da Quaresma.
Mas convenhamos que os dois primeiros meses do ano são mesmo diferentes. Viva “as águas de março”, como canta o poeta (que seguramente não é desses pagos, pois nossas escassas chuvas...): elas anunciam a normalidade da vida, na qual se inclui a dinâmica de nosso Vicariato!
Bem-vindos sejamos, agora mais juntos, à efervescência da normalidade.

Para nos situarmos:
1- Em 2018, as atuais Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil - as DGAE - permanecem santa inspiração para nossa ação pastoral. As cinco urgências: Igreja em estado permanente de missão; Igreja: casa da Iniciação à Vida Cristã; Igreja: lugar de animação bíblica da vida e da pastoral; Igreja: comunidade de comunidades e Igreja a serviço da vida plena para todos, inspiram nosso agir pastoral.
2- Para responder às urgências sem dispersar forças, estamos organizando em nove comissões da Pastoral: Ação Missionária; Bíblico-Catequética; Educação, Cultura e Comunicação; Justiça, Caridade e Paz; Juventude; Leigos; Ministros Ordenados e Vida Consagrada; Vida e Família.
3- Jesus Cristo nos quer “Sal da terra” e “Luz do mundo” (Mt 5,13-14). Para atendê-lo, devem atuar os “cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em Saída’, a serviço do Reino”. Eis a proposta deste Anos do Laicato. Possamos vivê-lo intensamente.
4- As DGAE, com suas urgências, indicam aonde precisamos chegar. Mas como chegar? Com quem e quais as responsabilidades? Com quais recursos? E quando?

Atenta aos anseios das comunidades, a Arquidiocese de Porto Alegre em 2018 conclui o Plano Arquidiocesano, longe de serem sobrepostos, são luz que guia nosso caminhar.
O Plano Arquidiocesano de Pastoral, o Ano do Laicato, as DGAE e as Comissões de Pastoral, longe de serem sobrepostos, são luz que guia nosso caminhar.

Nossa amizade e nossa fraternidade dão sabor todo especial ao nosso ser Igreja!
Em 2018, semeemos sem cessar! Avante vamos!

80 Anos Seminário São José/ Gravataí

O Seminário Menor São José, em Gravataí, promove no dia 18 de março a tradicional Festa do Seminário São José. O evento que neste ano estará comemorando os 80 anos de fundação do Seminário, reunirá familiares e amigos dos seminaristas, além das comunidades paroquiais de nossa Arquidiocese de Porto Alegre.
A programação começa às 10h30, com a Celebração Eucarística presidida pelo arcebispo metropolitano de Porto Alegre, Dom Jaime Spengler. A partir das 12h será servido o almoço, que custa R$20,00 o convite individual. À tarde haverá atrações e feiras vocacionais.

Evento no Facebook: Clique Aqui!

80 ANOS SEMINÁRIO
Local: Seminário Menor São José (Rua Adolfo Inácio Barcelos, 1490. Centro, Gravataí)
Data: 18/ Março (Domingo)
Horário: 10h30
Ingresso: 20,00 (individual)

12/03/2018

Tríduo São José - Par. Stª Maria Goretti

Os jovens do CLJ (Curso de Liderança Juvenil) juntamente com toda a Paróquia Santa Maria Goretti de Canoas, convidam para o tríduo e festa do seu co-padroeiro São José, que iniciará no dia 15 de março, com o tema A Vocação de São José.

Programação:
15/ Março (Quinta-Feira) - 20h
Tema: O Chamado (Mt 1,20-21)
Pregador: Pe. Angelo Bohn
16/ Março (Sexta-Feira) - 20h
Tema: A Resposta (Mt 1,24-25)
Pregador: Pe. Leonardo Reichert
17/ Março (Sábado) - 18h
Tema: Com São José vivemos o sim à nossa Vocação e à Paz
Pregador: Pe. Celso Alexandre
19h: Procissão Luminosa

18/ Março (Domingo)
12h: Almoço da Festa - R$25,00

Festeiros: CLJ Santa Maria Goretti

TRÍDUO SÃO JOSÉ
Local: Paróquia Santa Maria Goretti (Rua Osvaldo Cruz, 304. Niterói, Canoas)
Telefone: 51 3032.5651

Encontro Arquidiocesano Apostolado da Oração

Rede Mundial de Oração do Papa
A Coordenação Arquidiocesana do Apostolado da Oração de Porto Alegre, iluminada pelo Sagrado Coração de Jesus, convida toda a comunidade para um dia de Formação do Apostolado da Oração e espiritualidade, que acontecerá no dia 17 de março (sábado), às 8h, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus em Porto Alegre.
O encontro iniciará às 8h e terá como tema "RMOP - uma multidão de leigos à serviço da Igreja" e lema "Cultivemos a cultura do encontro fraterno", com a presença dos palestrantes Pe. Laênio Francisco Custódio e Pe. Sereno Boesing.
Haverá almoço no local no valor de R$15,00 (por pessoa). Pede-se, também, uma contribuição de R$5,00 por paróquia, para os gastos do encontro.
O encontro encerrará com a Celebração Eucarística às 15h.

Contato: (51) 3342.6869

FORMAÇÃO APOSTOLADO
Local: Paróquia Sagrado Coração de Jesus (Rua Coronel Manoel Py, 82. São João, Porto Alegre)
Data: 17/ Março (Sábado)
Horário: 8h às 15h.

06/03/2018

Assembléia de Pastoral - Março/ 2018

A coordenação de pastoral convida para a Primeira Assembleia de Pastoral do Vicariato de Canoas do ano de 2018que será realizado no dia 10 de março (sábado), das 8h30 às 11h30, na sede do Vicariato de Canoas, em Canoas.
O Vicariato convida à todas as lideranças de movimentos, pastorais e serviços para juntos vivermos a unidade de Cristo.

Evento Facebook: Clique Aqui!

ASSEMBLEIA DO VICARIATO
Local: Sede do Vicariato (Rua Cônego José Leão Hartmann, 82. Centro, Canoas)
Data: 10/ Março (Sábado)
Horário: 8h30 às 11h30


28/02/2018

Convocação para a Assembleia do Povo de Deus

Arquidiocese de Porto Alegre
A Arquidiocese de Porto Alegre está reorganizando o Conselho de Pastoral. Para promover a comunhão e a participação corresponsável de todas as forças vivas de nossa Igreja nesta caminhada, convocamos para a Assembleia do Povo de Deus.

Quando?
- Dia 03 de março de 2018
- Início: 08h30min
- Término: 11h30min
Onde?
- Instituto Educacional São Francisco (Av. Baltazar de Oliveira Garcia, 4879 - Bairro Rubem Berta – Porto
Alegre)
Quem Participa?
- O CLERO: PRESBÍTEROS E DIÁCONOS
- OS SEMINARISTAS DA ARQUIDIOCESE
- RELIGIOSAS E RELIGIOSOS ENVOLVIDOS NA PASTORAL DAS COMUNIDADES.
- OS COORDENADORES DOS CONSELHOS DE PASTORAL DAS PARÓQUIAS.
- OS COORDENADORES DOS CONSELHOS ECONÔMICOS PAROQUIAIS (*Juntamente com os COORDENADORES PAROQUIAIS DO DÍZIMO).
- Os COORDENADORES OU REPRESENTANTES DAS COMISSÕES PASTORAIS DAS PARÓQUIAS:
a. BÍBLICO-CATEQUÉTICA [Grupos Bíblicos e IVC];
b. VIDA E FAMÍLIA [Iniciação à Vida Matrimonial e Pastoral familiar];
c. JUVENTUDES [Pastoral da juventude e Movimentos Juvenis];
d. EDUCAÇÃO, CULTURA E COMUNICAÇÃO [Escolas, Universidades e meios de comunicação];
e. LITURGIA [Liturgia, Canto Litúrgico e Arte Sacra];
f. AÇÃO MISSIONÁRIA [Animação missionária];
g. JUSTIÇA, CARIDADE E PAZ [Cáritas, Pastorais Sociais, Ação Social e Movimentos Sociais];
h. LEIGOS [Associações e movimentos]
Objetivos?
- Construir o PLANEJAMENTO PASTORAL DA ARQUIDIOCESE.
- Favorecer a participação de todos os seguimentos da Arquidiocese no Planejamento Pastoral.
- Promover a participação das forças vivas da Arquidiocese no Planejamento Pastoral.
Convocamos a todos os indicados como participantes da Assembleia a cooperar para que cresçamos no senso de pertença à Igreja: comunidade de comunidades.
Que o Espírito Santo de Deus nos inspire e oriente nesse caminho e que a Mãe Aparecida interceda por nós e pelas nossas comunidades.

16/02/2018

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma de 2018

"Porque se multiplicará a iniquidade,
vai resfriar o amor de muitos" (Mt 24,12)

Amados irmãos e irmãs!
Mais uma vez vamos encontrar-nos com a Páscoa do Senhor! Todos os anos, com a finalidade de nos preparar para ela, Deus na sua providência oferece-nos a Quaresma, "sinal sacramental da nossa conversão", que anuncia e torna possível voltar ao Senhor de todo o coração e com toda a nossa vida. Com a presente mensagem desejo, este ano também, ajudar toda a Igreja a viver, neste tempo de graça, com alegria e verdade: faço-o deixando-me inspirar pela seguinte afirmação de Jesus, que aparece no evangelho de Mateus: "Porque se multiplicará a iniquidade, vai resfriar o amor de muitos" (24,12). Esta frase situa-se no discurso que trata do fim dos tempos, pronunciado em Jerusalém, no Monte das Oliveiras, precisamente onde terá início a Paixão do Senhor. Dando resposta a uma pergunta dos discípulos, Jesus anuncia uma grande tribulação e descreve a situação em que poderia encontrar-se a comunidade dos crentes; à vista de fenômenos espaventosos, alguns falsos profetas enganarão a muitos, a ponto de ameaçar apagar-se, nos coração, o amor que é o centro de todo o Evangelho.

Os falsos profetas
Escutemos este trecho, interrogando-nos sobre as formas que assumem os falsos profetas? Uns assemelham-se a "encantadores de serpentes", ou seja, aproveitam-se das emoções humanas para escravizar as pessoas e levá-las para onde eles querem. Quantos filhos de Deus acabam encandeados pelas adulações dum prazer de poucos instantes que se confundem com a felicidade! Quantos homens e mulheres vivem fascinados pela ilusão do dinheiro, quando este, na realidade, os torna escravos do lucro ou de interesses mesquinhos! Quantos vivem pensando que se bastam a si mesmos e caem vítimas da solidão! Outros falsos profetas são aqueles "charlatães" que oferecem soluções simples e imediatas para todas as aflições, mas são remédios que se mostram completamente ineficazes: a quantos jovens se oferece o falso remédio da droga, de relações passageiras, de lucros fáceis mas desonestos! Quantos acabam enredados numa vida completamente virtual, onde as relações parecem mais simples e ágeis, mas depois revelam-se dramaticamente sem sentido! Estes impostores, ao mesmo tempo que oferecem coisas sem valor, tiram aquilo que é mais precioso com a dignidade, a liberdade e a capacidade de amar. É o engano da vaidade, que nos leva a figura de pavões para, depois, nos precipitar no ridículo: e, do ridículo, não se volta atrás. Não nos admiremos! Desde sempre o demônio, que é "mentiroso e pai da mentira" (Jo 8,44), apresenta o mal como bem e o falso como verdadeiro, para confundir o coração do homem. Por isso, cada um de nós é chamado a discernir, no seu coração, e verificar se está ameaçado pelas mentiras destes falsos profetas. É preciso aprender a não se deter no nível imediato, superficial, mas reconhecer o que deixa dentro de nós um rasto bom e mais duradouro, porque vem de Deus e visa verdadeiramente o nosso bem.

Um coração frio
Na Divina Comédia, ao descrever o Inferno, Danto Alighieri imagina o diabo sentado num trono de gelo; habita no gelo do amor sufocado. Interroguemo-nos então: Como se esfria o amor de nós? Quais são os sinais indicadores de que o amor corre o risco de se apagar em nós? O que apaga o amor é, antes de mais nada, a ganância do dinheiro, "raiz de todos os males" (1Tm 6,10); depois dela, vem a recusa de Deus e, consequentemente, de encontrar consolação n'Ele, preferindo a nossa desolação ao conforto da sua Palavra e dos Sacramentos. Tudo isto se permuta em violência que se abate sobre quantos são considerados uma ameaça para as nossas "certezas": o bebê nascituro, o idoso doente, o hóspede de passagem, o estrangeiro, mas também o próximo que não corresponde às nossas expectativas. A própria criação é testemunha e por interesses; os mares, também eles poluídos, devem infelizmente guardar os despojos de tantos náufragos das migrações forçadas; os céus - que, nos desígnios de Deus, cantam a sua glória - são sulcados por máquinas que fazem chover instrumentos de morte. E o amor resfria-se também nas nossas comunidades: na Exortação Apostólica Evangelli Gaudium procurei descrever os sinais mais evidentes desta falta de amor. São eles a acédia egoísta, o pessimismo estéril, a tentação de se isolar empenhando-se em contínuas guerras fratricidas, a mentalidade mundana que induz a ocupar-se apenas do que dá nas vistas, reduzindo assim o ardor missionário.

O que fazer?
Se porventura detetamos, no nosso íntimo e ao nosso redor, os sinais acabados de descrever, saibamos que, a par do remédio por vezes amargos da verdade, a Igreja, nossa mãe e mestre, nos oferece, neste Tempo de Quaresma, o remédio doce da oração, da esmola e do jejum. Dedicando mais tempo à oração, possibilitamos ao nosso coração descobrir as mentiras secretas, com que nos enganamos a nós mesmos, para procurar finalmente a consolação em Deus. Ele é nosso Pai e quer para nós a vida. A prática da esmola liberta-nos da ganância e ajuda-nos a descobrir que o outro é nosso irmão: aquilo que possuo, nunca é só meu. Como gostaria que a esmola se tornasse um verdadeiro estilo de visa para todos! Como gostaria que, como cristão, seguíssemos o exemplo dos Apóstolos e víssemos, na possibilidade de partilhar com os outros os nosso bens, um testemunho concreto da comunhão que vivemos na Igreja. A este propósito, faço minhas as palavras exortativas de São Paulo aos Coríntios, quando os convidava a tomar parte na coleta para a comunidade de Jerusalém: "Isto é o que vos convém" (2Cor 8,10). Isto valo de modo especial na Quaresma, durante a qual muitos organismos recolhem coletas a favor das Igrejas e populações em dificuldade. Mas como gostaria também que no nosso relacionamento diário, perante cada irmão que nos pede ajuda, pensássemos: aqui está um apelo da Providência Divina. Cada esmola é uma ocasião de tomar parte da Providência de Deus para com os seus filho; e, se hoje Ele Se serve de mim para ajudar um irmão, como deixará amanhã de prover também às minhas necessidades, Ele que nunca Se deixa vencer em generosidade? Por fim, o jejum tira força à nossa violência, desarma-nos, constituindo uma importante ocasião de crescimento. Por um lado, permite-nos experimentar o que sentem quantos não possuem sequer o mínimo necessário, provando dia a dia as mordeduras da fome. Por outro, expressa a condição do nosso espírito, faminto de bondade e sedento da vida de Deus. O jejum desperta-nos, torna-nos mais atentos a Deus e ao próximo, reanima a vontade de obedecer a Deus, o único que sacia a nossa fome. Gostaria que a minha voz ultrapassasse as fronteiras da Igreja Católica, alcançando a todos vós, homens e mulheres de boa vontade, abertos à escuta de Deus. Se vos aflige, como a nós, a difusão da iniquidade no mundo, se vos preocupa o gelo que paralisa os corações e a ação, se vedes esmorecer o sentido da humanidade comum, uni-vos a nós para invocar juntos a Deus, jejuar juntos e, juntamente conosco, dar o que puderdes para ajudar os irmãos!

O fogo da Páscoa
Convido, sobretudo os membros da Igreja, a empreender com ardor o caminho da Quaresma, apoiados na esmola, no jejum e na oração. Se por vezes parece apagar-se em muitos corações o amor, este não se apaga no coração de Deus! Ele sempre nos dá novas ocasiões, para podermos recomeçar a amar. Ocasião propícia será, também este ano, a iniciativa "24 horas para o Senhor", que convida a celebrar o Sacramento da Reconciliação num contexto de Adoração Eucarística. Em 2018, aquela terá lugar nos dias 9 e 10 de março - uma sexta-feira e um sábado -, inspirando-se nestas palavras do Salmo 130: "Em Ti, encontramos o perdão" (v. 4). Em cada diocese, pelo menos uma igreja ficará aberta durante 24 horas consecutivas, oferecendo a possibilidade de adoração e da confissão sacramental. Na noite da Páscoa, reviveremos o sugestivo rito de acender o círio pascal: a luz, tirada do "lume novo", pouco a pouco expulsará a escuridão e iluminará a assembleia litúrgica. "A luz de Cristo, gloriosamente ressuscitado, nos dissipe as trevas do coração e do espírito", para que todos possamos reviver a experiência dos discípulos de Emaús: ouvir a palavra do Senhor e alimentar-nos do Pão Eucarístico permitirá que o nosso coração volte a inflamar-se de fé, esperança e amor.

Abençoo-vos de coração e rezo por vós. Não vos esqueçais de rezar por mim.
Vaticano, 1 de Novembro de 2017.
Solenidade de Todos os Santos
FRANCISCO

08/02/2018

Comunicado Falecimento de Dom Agenor

Faleceu na noite desta quinta-feira, 08 de fevereiro, às 22h30, aos 66 anos de idade, Dom Agenor Girardi, bispo diocesano da Diocese de União da Vitória. Dom Agenor estava internado no Hospital São Brás, em porto União - SC, e veio a falecer vítima de um quadro infeccioso grave que evoluiu para a falência múltipla de órgãos.

Desde novembro do ano passado Dom Agenor vivia uma maratona entre sua residência e o hospital para tratar de sua saúde. Chegpu a ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas seu quadro se agravou. Nos últimos dias Dom Agenor passou no quadro de Hospital, sendo monitorado pelos médicos e acompanhado por familiares, amigos e membros do Clero da Diocese.
Segundo a família, Dom Agenor estava ciente do seu quadro de saúde e foi respeitada a sua vontade quanto ao tratamento, tendo sido feito todo o possível por parte da equipe médica.
A Diocese de União da Vitória manifesta profundo pesar pela morte de seu Pastor, e rende preces à Deus pelo seu descanso na vida eterna. Em solidariedade aos familiares, amigos e fiéis diocesanos, expressa também sentimentos de conforto à todos.

VELÓRIO, MISSA DE CORPO PRESENTE E SEPULTAMENTO

Velório: Sexta-feira, 09, à partir das 7h, com missas durante o dia.
Missas de Exéquias: Sábado, 10, às 9h, na Catedral Sagrado Coração de Jesus, em União da Vitória.
Presidência: Dom José Antônio Peruzzo, arcebispo metropolitano de Curitiba - PR.
Sepultamento: Previsão às 10h30, na Catedral Sagrado Coração de Jesus.
* Catedral Sagrado Coração de Jesus: Praça Cel. Amazonas, 46 - Centro, União da Vitória - PR

______________________________________________________
BIOGRAFIA DE DOM AGENOR. 
Dom Agenor Girardi nasceu no dia 02 de fevereiro de 1952 e era natural da cidade de Orleans – SC.

Estudos: 
Em 1966 iniciou o ensino fundamental no Seminário Menor São José, em Francisco Beltrão e concluiu o Ensino Médio na Escola Estadual Mário de Andrade, em Francisco Beltrão, em 1974. Estudou Filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Campinas concluindo em 1977, e formou-se em Teologia pela Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção na cidade de São Paulo, em 1982. Fez sua profissão religiosa na Congregação dos Missionários do Sagrado Coração no dia 1 de fevereiro de 1982 e foi ordenado sacerdote em 5 de setembro do mesmo ano por Dom Agostinho José Sartori.

Trabalhos Pastorais em Paróquia e Seminário: 
Em 1982 foi nomeado vigário paroquial da Paróquia de Santa Rita de Cássia em Marmeleiro; em 1983 foi vice-diretor do Seminário São José, em Francisco Beltrão. De 1984 a 1988 foi diretor do mesmo Seminário em Francisco Beltrão e mestre de noviços em Pirassununga, durante os anos 1991 a 1995. Foi coordenador do CETESP (Centro Teológico de Estudos e Espiritualidade para a Vida Religiosa), no Rio de Janeiro no período 1996 a 1998 e superior provincial da Comunidade de Curitiba, de 1999 a 2001.Atuou como reitor do Santuário de Nossa Senhora do Sagrado Coração em Curitiba, de 1999 a 2001 e vigário paroquial da paróquia São José na cidade de Francisco Beltrão, de 2002 a 2009.Desde 2002 foi consultor da Conferência dos Religiosos do Brasil, para obtenção de orientações espirituais e exercícios de treinamento sobre a Vida Consagrada. Em 2009 assumiu como pároco da Paróquia São José em Francisco Beltrão.

Nomeação Episcopal: 
Dom Agenor foi nomeado bispo pelo Papa Bento XVI no dia 22 de dezembro de 2010 indicado como bispo auxiliar para a Arquidiocese de Porto Alegre (RS). Sua sagração episcopal se deu no dia 25 de março de 2011, na cidade de Francisco Beltrão juntamente com o Monsenhor Geremias SteinmetzAos 2 de abril de 2015 foi nomeado Vigário Geral da Arquidiocese de Porto Alegre e Bispo Referencial para a Vida Consagrada na mesma arquidiocese.

Em União da Vitória: 
No dia 06 de maio de 2015, Dom Agenor foi transferido pelo papa Francisco, da sede titular de “Fornos Maggiore” e do ofício de auxiliar na Arquidiocese de Porto Alegre para a Diocese de União da Vitória, tomando Posse no dia 12 de junho de 2015, solenidade do Sagrado Coração de Jesus, como 3º Bispo Diocesano de União da Vitória.

Brasão de Dom Agenor Girardi, MSC:



Lema: Ametur Cor Jesu (Amado seja por toda parte o Sagrado Coração de Jesus). Eternamente!
O chapéu: Símbolo de Jesus Cristo, cabeça da Igreja com seus doze apóstolos. Ele representa a sucessão apostólica e a comunhão dos bispos com o Papa.
A cruz vermelha: Representando o sangue dos mártires e todo sofrimento da humanidade redimida na cruz de Cristo.
O Coração de Jesus: A fonte e a motivação de todo o meu Ministério pastoral, recordando o meu lema de Ordenação sacerdotal: – “Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos seus amigos” (João 15,13).
As flores de gira-sóis:  Símbolo da família Girardi, que nos mantém unidos com a disposição de voltar-nos sempre para Deus.
O rio: A fonte inesgotável que alimenta minha espiritualidade. Nesta fonte está também a presença de Maria, na suavidade do seu Sim.
Lema: – “Ametur Cor Jesu” – é o lema do Fundador dos Missionários do Sagrado Coração de Jesus, o Padre Júlio Chevalier: para que o Evangelho de Jesus Cristo chegue a toda parte e em todos os ambientes.

COMUNICADO OFICIAL DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA: CLIQUE AQUI!